GM

GM convoca 1,6 milhão de unidades para recall atrasado há mais de 10 anos

Falha no sistema de ignição faz motor parar e desativa airbags

2005 Chevrolet Cobalt LT Sedan
Sob acusações de negligência por ter demorado mais de 10 anos para convocar recall, a General Motors terá de se apresentar até o próximo dia 25 de março diante do Congresso norte-americano. Falha no sistema de ignição de modelos como Cobalt (o americano), Pontiac G5, Saturn Ion e outros comercializados nos EUA e no Canadá teria sido responsável por 303 mortes desde 2001. O recall só foi anunciado este ano. A falha no sistema de ignição pode causar o desligamento repentino do motor e inatividade dos airbags em casos de colisão, agravando o acidente. O recall foi convocado em 14 de fevereiro deste ano, 13 anos depois do primeiro caso. Na época da convocação, a companhia contabilizou 12 mortes ocasionadas pela falha, mas a Friedman Research Corporation, seguradora americana, fez um levantamento com estatísticas dos acidentes envolvendo os modelos do recall desde 2003 e chegou ao número de 303 mortes. A companhia pode ser alvo de processo por parte das famílias vítimas de acidentes causados pelo defeito da ignição. Só o custo do recall pode chegar a US$ 300 milhões (cerca de R$ 670 milhões).

por 18 de março de 2014 Chevrolet, GM

GMC Canyon 2015: S10 em sua melhor forma

Apesar de ser mais luxuosa, picape usa a mesma plataforma da S10

5104322362102811048
A principal atração da GMC no Salão de Detroit é a nova geração do GMC Canyon que, embora não seja tão evidente, é baseada no mesmo projeto da Chervrolet S10. Apesar de tudo, a picape se destaca pelo design inspirado na irmã maior Sierra, com grade proeminente e bastante ousada e caixas de roda maiores. O grande para-choque frontal também contribui para passar a impressão de que esta picape é maior do que realmente é. 1909621191499659912
Um pouco mais luxuosa, a Canyon ainda conta com faróis com LEDs diurnos, e lanternas com LEDs. Ainda estará disponível a versão All-Terrain, com grade exclusiva, suspensão ajustada para o uso off-road, e rodas aro 17” calçadas com pneus de uso misto.
7217251231478854271
O interior é praticamente o mesmo da Chevrolet Colorado vendida nos Estados Unidos, tendo melhor acabamento e mais equipamentos. Há uma tela de 4,2” no quadro de instrumentos onde são exibidas informações do veículo, além de contar com sistema de info entretenimento com direito a hotspot wi-fi.
1305758545896790961
A GMC Canyon estará disponível em versões com cabine estendida, dupla e dupla com a caçamba da cabine estendida (1,82 m contra 1,5 m). Os motores são os mesmos da Colorado, partindo de um 2.5 a gasolina que gera 192 cavalos, passando pelo 3.6 V6 com 302 cavalos e terminando pelo 2.8 Turbodiesel Duramax com 200 cavalos.

por 13 de janeiro de 2014 GM, GMC, Salão de Detroit

GM vende todas as ações da Peugeot, mas mantém acordo de desenvolvimento

Empresas terão modelos compartilhados a partir de 2016

GM-PSA-800x507
Dias depois de anunciar a saída da Chevrolet do continente europeui, a General Motors (GM) anunciou que venderá todas as ações que tem do grupo francês PSA Peugeot Citroen, que representa dos 7% ativos da empresa. Apesar disso, elas mantém aliança que está focada no desenvolvimento em comum de veículos, compras, logística e compartilhamento das capacidades de produção. Os 7% da PSA valem cerca de 24,8 milhões em ações, e foram repassados a “investidores institucionais", indica a GM em comunicado. A General Motors tinha adquirido esta parte ao estabelecer uma aliança estratégica com o grupo francês em março de 2012. "O nosso investimento destinava-se a apoiar a PSA nos esforços para reforçar o capital no momento da criação de uma aliança e este apoio já não é necessário", disse o vice-presidente da GM, Steve Girsky. "A nossa aliança continua sólida e focada em programas conjuntos de desenvolvimento de veículos, compras e logística", acrescentou. O grupo PSA Peugeot Citroën, que confirmou estar a negociando parceria com a chinesa Dongfeng, já tinha anunciado antes que a aliança com a GM seria revista. A parceria entre as duas fabricantes envolve o desenvolvimento de um monovolume compacto e um CUV médio. Os dois parceiros também vão colaborar no desenvolvimento de um novo modelo de veículo utilitário leve compacto baseado numa plataforma de última geração da PSA. Os primeiros veículos resultantes da Aliança devem ser comercializados a partir de 2016.

por 16 de dezembro de 2013 GM, Mercado, PSA

GM registra patente de transmissão de dupla embreagem para o Corvette

Câmbio de sete velocidades poderá equipar outros GM

2014-corvette-stingray
No mundo dos esportivos e superesportivos atuais um câmbio de dupla embreagem soa quase que obrigatório. E um dos que fugia a essa regra era o Corvette, que mesmo no recente Stingray apresentava a opção de um automático de seis marchas ou um manual de sete marchas, mas nada do automatizado de dupla embreagem. Entretanto, isso pode estar ficando no passado…
gm-7-speed-dct[2]
Há poucos dias, no CorvetteForum.com, uma notícia apresentou a patente da nova transmissão do esportivo americano. Ainda há a informação de que a transmissão deve equipar todos os modelos da linha Corvette, e não somente os mais potentes. E, tal qual outros concorrentes do esportivo americano, serão sete marchas, mesmo número da versão manual. Ainda que não tenha sido divulgado oficialmente, há possibilidades de esse câmbio de dupla embreagem ser oferecido em outros carros de sangue quente do portfólio da GM, como o Camaro ou as versões mais nervosas dos Cadillac, como um futuro CTS-V. Junto disso, a Chevrolet também disse que um novo câmbio automático de oito velocidades está sendo criado para outros modelos da linha, sendo que este é um automático convencional.

por 2 de outubro de 2013 GM, Segredos, Tecnologia

Próxima Zafira pode ser fabricada pela PSA

Aliança entre GM e PSA estabelece compartilhamento de projetos

opel_zafira_tourer_biturbo_4
Numa forma de estreitar a aliança entre a General Motors e a PSA Peugeot-Citroën, a próxima geração do Opel Zafira poderá ser produzida na fábrica da PSA em Sochaux, na França, aponta o jornal Les Echos. Hoje a minivan é poduzida em duas fábricas na Alemanha. Em contrapartida, a próxima geração do Citroën C3 Picasso deixaria de ser fabricada na Eslováquia para ser fabricada na unidade da Opel em Zaragoza, na Espanha, junto com Meriva e Corsa. Opel Corsa 2011
General Motors e PSA firmaram uma aliança que envolve o desenvolvimento de modelos compartilhando suas plataformas, o que deve acontecer com estes modelos que serão remanejados. O mais curioso é que a PSA não pode usar plataformas de carros médios da GM por esta estar ligada à chinesa SAIC, maior concorrente da PSA na China. A PSA também não conseguiria usar as transmissões de dupla embreagem da GM em seus modelos. A próxima empreitada das duas empresas será com sedãs médio-grandes. O novo Opel Insignia será baseado na plataforma modular da PSA, a EMP2, assim como o novo Citroën C5. Os dois serão fabricados em Rennes, na França.

por 30 de setembro de 2013 GM, Opel, PSA, Segredos

GM revela imagens das novas gerações de Tahoe, Suburban e Yukon Denali e XL

Utilitários de grande porte estão mais modernos e luxuosos

 

2015 GMC Yukon XL SLT

Em meio ao furor do Salão de Frankfurt, a GM divulgou as primeiras imagens oficiais de seus novos utilitários de grande porte. Com alterações visuais leves no exterior, que modernizam o design e mantém sua identidade, os utilitários possuem maior qualidade no interior e novidades na gama de motores.

2015 Chevrolet Tahoe in Crystal Claret front from New York Reveal

Sob o logo Chevrolet, temos os novos Tahoe e Suburban, com frente semelhante à da nova Silverado e o estilo “quadradão” da atual geração. Os GMC Yukon Denali e Yukon XL possuem apelo luxuoso, com destaque para o interior mais sofisticado e ampla grande cromada. A diferença entre os modelos de mesmo logotipo está no tamanho de elementos como o entreeixos, capacidade de carga e do tanque de combustível.

2015 GMC Yukon Denali

Os brutamontes americanos estão mais modernos, contando com equipamentos como alerta de mudança involuntária de faixa, frenagem automático ao detectar risco de colisão, radar que monitora o que acontece ao redor do veículo, airbag central, entre os bancos, algo inédito, um sistema que alerta o motorista em caso de risco de acidente com vibrações no banco, entre outros. A qualidade dos matérias de acabamento e da montagem é maior, principalmente nos modelos GMC.

2015 GMC Yukon Denali2015 Chevrolet Tahoe Center Console

Apenas dois motores serão oferecidos, sempre V8, um novo Ecotec 3 de 5.8 litros, 355 cv de potência e 52,9 kgfm de torque e o 6.2 de 420 cv e 62,22 kgfm. A transmissão é sempre automática de seis velocidades. Todos os motores possuem injeção direta e podem desligar alguns cilindros, tecnologias que buscam reduzir a sede destes SUV.

por 16 de setembro de 2013 Chevrolet, GM, GMC

GM poderá assumir o Grupo PSA (Peugeot-Citroën)

Situação financeira do grupo é gravíssima, diz Reuters

psa-gm-1372352733
Cinco anos atrás, o mundo assistia atônito à possibilidade da General Motors falir em meio à Crise de 2008. Tamanho despreparo ocasionou até mesmo um questionável intervencionismo por parte do governo estadunidense. Marcas como Pontiac e Hummer, pertencentes ao grupo norte-americano, deixaram de existir. Agora, a situação pouco lembra o caos que vivia a economia americana e a GM em 2008. Segundo um relatório realizado pela Reuters, a GM está a assumir o controle do grupo PSA (Peugeot-Citroën). O relatório afirma que a GM, que hoje detém 7% do Grupo PSA, só irá investir dinheiro no grupo se a situação financeira se estabilizar. Para tal, os estadunidenses optaram por assumir o controle do grupo. Isso garantiria à GM mais segurança ao investir e daria ao grupo o poder de adotar medidas lamentáveis como o fechamento de fábricas na França e Alemanha, algo já previsto pela Reuters. Com capital estrangeiro em jogo, os governos locais não teriam tamanha influência na tentativa de evitar mais contrastes sociais na Europa em crise. A medida também auxiliaria numa espécie de know-how com a Opel. Rumores apontam que o presidente da França, François Hollande, consentiu com o negócio pois acredita que a única forma de salvar as duas marcas seria uni-las a um sócio maior. Hoje, o Grupo PSA oferece 77 mil empregos diretos e atua industrialmente em numerosos países. A parceria com a GM já previa compartilhamento de motores e plataformas, mas, com a GM como futura sócia majoritária, podemos ver novos caminhos para a PSA, como sua introdução no mercado norte-americano. Em sumo, é um toma lá dá cá: em 2008, foi a italiana Fiat que levou a ajuda europeia aos EUA, adquirindo mais da metade as ações do Grupo Chrysler. Hoje, são os americanos que acodem o Velho Continente. Quase um Plano Marshall.

por 28 de junho de 2013 GM, PSA

GM inicia 3° turno na fábrica de Gravataí

Demanda pelo Onix e chegada do novo Prisma estimularam a medida dddd
A Chevrolet anunciou esta manhã o início do terceiro turno de produção em sua fábrica localizada em Gravataí (RS). Tal atitude foi determinada pela boa aceitação do Onix, e também pelo lançamento do novo Prisma, que acontece dentro de um mês. redirect_auto.php
Este novo turno motivou  a criação de 2.450 empregos, sendo 1.450 diretamente nas linhas de montagem da planta de Gravataí e outros 1.000 em empresas fornecedoras e prestadoras de serviços, as chamadas sistemistas. A capacidade da unidade passou de 230 mil unidades/ano para até 380 mil unidades/ano, número este que poderá ser atingido à medida em que, gradativamente, o Onix ganhar volume de produção, conforme sinalização do mercado. A Chevrolet também aproveitou para informar a contratação de 180 empregados para a nova fábrica de motores e cabeçotes, em Joinville, SC. A planta já opera em escala reduzida, mas será inaugurada oficialmente no próximo dia 27 de fevereiro.

por 28 de janeiro de 2013 Brasil, Chevrolet, GM

Cadillac divulga teaser do ELR

Híbrido será opção de luxo ao Chevrolet Volt

2014-Cadillac-ELR-1[3]
Tão importante quanto os novos Chevrolet Silverado, GMC Sierra e Corvette C7, o Cadillac ELR será uma das atrações do Salão de Detroit no mês que vem. Se trata nada mais de um híbrido de autonomia estendida baseado no Chevrolet Volt, inspirado no conceito Converj, mostrado na edição 2009 do mesmo evento. A GM apenas adiantou durante todo este tempo que manteve a disposição das baterias de íons de lítio em “T” sobre o assoalho, e que um motor à gasolina poderia entrar em ação para recarregá-las e alimentar o motor elétrico dianteiro. O que mais se conhece do ELR é seu perfil, que acaba de ser mostrado pelo teaser divulgado pela Cadillac. Resta esperar até 14 de janeiro, quando começa o Salão de Detroit.

por 19 de dezembro de 2012 Cadillac, GM, Salão de Detroit

Spark EV é a aposta ecológica da GM para o Salão de Los Angeles

Compacto e elétrico – tudo que a América não queria há 20 anos

1333977078485874953 O Salão de Los Angeles encerra o ciclo de Salões ao redor dos EUA, que giram em torno principalmente das cidades de Detroit, Nova York, Chicago e a própria LA. Para o evento, que abre as portas ao público em 30 de novembro, a GM prepara uma versão elétrica do Spark, a ser vendida tanto nos EUA quanto em outros mercados como a Coreia do Sul. O hatch foi introduzido no mercado de lá há poucos meses, sendo vendido por pouco mais de US$ 12 mil. A versão elétrica também não será tão barata – virá, no máximo, por US$ 25 mil com incentivos fiscais. Em valores brasileiros, são R$ 50 mil, algo justificável pela tecnologia emplacada no modelo. A questão é que um Nissan LEAF custa um pouco mais, cerca de US$ 27 mil, também com incentivos fiscais do modelo. Além de ser maior, o LEAF tem acabamento mais esmerado e um número maior de equipamentos de série. Ainda assim, é uma boa tentativa para popularizar os veículos de energia verde, mesmo que os EUA não sejam um exemplo de produção limpa de energia elétrica. 19054505211720532917
O Spark EV reúne dois conceitos que eram rejeitados pelo consumidor norte-americano até alguns anos atrás: carros compactos e, ainda por cima, elétricos. Os carros pequenos eram fadados a vendas baixas em sua grande maioria, sendo trocados por modelos enormes como picapes e sedans grandes. Muitas vezes viravam motivo de piada, como o Yugo. A versão não é uma loucura aleatória da GM: ela mostra o quanto o mercado norte-americano, em especial após a crise de 2009, que dizimou montadoras como a Pontiac e a Hummer. Dentre as principais mudanças no exterior estão na grade, que lembra a do Volt, um difusor de ar traseiro e um spoiler na tampa do porta-malas. Já o interior manteve cores sóbrias, mas conta com um belo quadro de instrumentos digital e futurista, também semelhante ao do Volt. No console central, está o sistema MyLInk, presente em muitos carros da GM ao redor do mundo, inclusive no Onix. 4722373181882480301
O motor do Spark EV gera 96 kW (equivalente a 129 cv) de baterias de íons de lítio e vai de 0 a 96 km/h em menos de oito segundos, graças ao intenso torque dos carros elétricos. Ele leva sete horas para ser totalmente carregado em uma tomada de 240V, enquanto em tomadas especiais de recargas de carros elétricos a bateria pode ser carregada em 80% durante 20 minutos. Sendo ecológico, pequeno e barato, o EV chegará primeiramente aos estados da Califórnia e Oregon, alcançando voos maiores logo em seguida, quando será vendido também no Canadá e na Coreia do Sul. 

Com informações do World Car Fans
por 28 de novembro de 2012 Chevrolet, Elétricos, GM, Salão de Los Angeles