Iconia

Icona Vulcano: esportivo multinacional é apresentado em Xangai

Esportivo híbrido é oferecido em versões de 870 e 950 cavalos

Icona-Vulcano-1[3]
Criado pelo estúdio de design italiano Iconia, com linhas assinadas pelo designer francês Samuel Chuffart, desenvolvido em Xangai, na China, e equipado com motores preparados por um italiano, o Iconia Vulcano é nitidamente um carro multinacional. O superesportivo é uma das novidades presentes esta semana no Salão de Xangai. Icona-Vulcano-2[3]
As formas criadas pelo designer que já foi responsável por carros da Nissan, Jaguar, Land Rover e Stile Bertone remete às Ferrari F12 e 599 e também ao Lexus LF-A. É bonito. E muito interessante. Fica mais interessante quando se descobre que o Vulcano é híbrido como os superesportivos mais recentes. São duas opções de motorização cuja preparação foi coordenada pelo italiano Claudio Lombardi, conhecido por títulos mundiais de rali com a Lancia nos anos 1980, por ter trabalhado na Fórmula 1 com a Ferrari nos anos 1990 e com a montadora de motos Aprilia na Superbike.Icona-Vulcano-3[3]
Há dois conjuntos mecânicos. O primeiro, H-Turismo, combina um motor V12 6.0 a um elétrico de 160 cv, que totalizam 950 cv enviados apenas para o eixo traseiro. O segundo é o H-Competizione, que combina um motor V6 biturbo a um par de motores elétricos totalizando 870 cavalos enviados para as quatro rodas.

por 21 de abril de 2013 Iconia, Salão de Xangai