Jeep

Chrysler cancela desenvolvimento de veículos elétricos

chrysler_ev Há pouco mais de um ano atrás, o grupo Chrysler criou a divisão Envi, para o desenvolvimento de veículos elétricos. A montadora mostrou 3 protótipos: o Chrysler EV, uma versão elétrica do monovolume Grand Voyager; o Jeep EV, um Wrangler elétrico; e o Dodge Circuit EV, um Lotus Europa com cara de Dodge e motor elétrico. O tempo passou, o grupo entrou e saiu da concordata e há pouco tem, se juntou à Fiat. Agora, segundo a agência Reuters, o grupo norte-americano voltou atrás e decidiu cancelar o projeto de seus carros elétricos, dispensando o grupo de engenheiros envolvidos no projeto. E segundo o porta-voz da Chrysler, Nick Cappa, a divisão Envi foi incorporada aos outros programas de desenvolvimento de veículos. dodge-circuit-evb-2010-Jeep-Wrangler-E-4e4e833add7f  Há pouco tempo, a Chrysler recebeu subsídios de 70 milhões de dólares do Departamento de Energia norte-americano, para desenvolver 220 veículos híbridos, e que não chegaram a ser concluídos. O que vai acontecer com o dinheiro não se sabe, já que a Chrysler ainda não se pronunciou oficialmente. Entretanto, em seus planos para os próximos anos, não mencionou a produção de nenhum modelo elétrico ou híbrido. Tudo indica que as marcas da Chrysler (Dodge, Jeep e a própria Chrysler) continuarão a ser as únicas que não oferecem veículos híbridos nos EUA. Chrysler Town & Country EV

por 9 de novembro de 2009 Chrysler, Dodge, Jeep, Sustentabilidade

Confirmada a criação da marca Ram

Ram1 Conforme noticiamos neste post, um dos planos da Chrysler para a reestruturação da marca seria a criação da marca Ram – reaproveitando o simbolismo da famosa picape da marca Dodge, a Ram –, focando a nova marca para a produção de picapes e furgões. Segundo o novo CEO da Chrysler, Sergio Marchionne, que possui o mesmo cargo na Fiat, essa reorganização das marcas os permitirá proteger as características dos produtos oferecidos pela marca Dodge, que sempre é associada nos Estados Unidos aos veículos esportivos que a mesma produz. Ram2 O principal designer do grupo, Ralph Gilles, será o novo CEO da Dodge. A nova marca Ram terá Fred Diaz como presidente e CEO, e Olivier François substituirá Peter Fong no comando da Chrysler. Fong abandonou a companhia alegando motivos pessoais. Na Jeep, Michael Manley permanecerá como CEO. Ainda não se sabe quando as picapes grandes da marca, hoje com o logotipo da Dodge, serão identificadas pela nova divisão nos EUA, e a Chrysler do Brasil não confirmou se a estratégia será usada no Brasil. 2009 Dodge Ram Sport 2009 Dodge Ram Laramie

por 6 de outubro de 2009 Chrysler, Dodge, Fiat, Jeep

Fiat pode usar o nome Ram como marca independente

DodgeRam1 Após a aliança Fiat-Chrysler, uma revolução está prestes a acontecer na montadora norte-americana. A marca italiana está com planos de transformar o nome simbólico Ram, picape da Dodge, em marca. Esta nova marca iria estabelecer-se no mercado de furgões e picapes, e a Dodge iria prosseguir com a fabricação de veículos esportivos, como o Viper. O plano definitivo da Fiat para a aliança Fiat-Chrysler será anunciado no Salão de Detroit, que acontecerá entre os dias 11 e 24 de janeiro de 2010. Além da nova marca, a montadora italiana irá lançar modelos novos para a Jeep, Chrysler e Dodge, e acabar com modelos gêmeos, como Dodge Avenger e Chrysler Sebring. DodgeRam2 Os novos modelos da Chrysler começarão a ser vendidos a partir de 2011. A Fiat pretende lançar, em 2012, a versão moderna do Cinquecento nos Estados Unidos. A previsão é de que o pequeno modelo seja produzido nas fábricas do Grupo Chrysler nos Estados Unidos ou até mesmo no México, o que facilitaria exportações para países da América do Sul e Central.

por 3 de outubro de 2009 Chrysler, Dodge, Fiat, Jeep, Salão de Detroit

Grupo Chrysler substitui manuais de papel por DVD

manual_digital O grupo Chrysler, que engloba a Jeep, Dodge e a própria Chrysler, anunciou que em alguns de seus modelos 2010, o tradicional manual de papela será substituido por um manual digital em DVD. O até 2011 todos os modelos do grupo já sairão de fábrica com a versão em DVD. Com isso, a Chrysler terá uma economia anual de 930 toneladas de papel, o que corresponde a 20 mil árvores. Aqui no Brasil a Renault já oferece manual digital em DVD, mas é pago á parte.

por 22 de setembro de 2009 Chrysler, Dodge, Jeep, Mercado, Sustentabilidade

Chrysler divulga esboço da nova Jeep Cherokee SRT8

cherokeesrt8filtrado No final do mês passado, a Chrysler confirmou que apesar da difícil situação que enfrenta nos EUA os projetos do grupo esportivo da marca, a SRT (Street and Racing Technology), estão mantidos e o corte de custos não a afetará. Talvez confirmando isso, a fabricante norte-americana divulgou hoje (13) um esboço de como será a versão esportiva SRT8 do Cherokee. Além de um “bodykit” exclusivo, o modelo que está sendo tratado como linha 2012, mas cotado para estrear em 2011, contará com rodas de liga leve exclusivas com cinco furos e desenhadas pela SRT. Sites internacionais dizem que o Cherokee SRT8 utilizará o novo motor 6.4 V8 HEMI com potência em torno dos 550 cv e torque na casa dos 70 kgfm. Caso as especulações se confirmem, espera-se que o jipão conte com algumas alterações na suspensão e uma leve diminuição na altura livre do solo para torná-lo mais estável.

por 13 de abril de 2009 Chrysler, Jeep, Segredos

Vídeos-Jeep Grand Cherokee 2011

por 11 de abril de 2009 Jeep

Jeep apresenta novo Grand Cherokee em Nova Iorque

0v00_jeepgc_nyc  Atualização: fotos e vídeo Mesmo com dificuldades financeiras, o grupo Chrysler parece não se abalar. A prova disso é a apresentação do novo Grand Cherokee da Jeep no Salão Automóvel de Nova Iorque. O seu lançamento apenas será ano que vem, como ano/modelo 2011, mas a Jeep, e já está apresentada no salão norte-americano, na versão de produção. O novo Grand Cherokee apresenta-se como uma importante evolução em relação à anterior. A elevada linha das janelas lhe dá, um ar robusto e dinâmico, o que é contribuído pelos novos faróis dianteiros, que recuperam a antiga forma retangular, afirmando um caráter mais agressivo, ao mesmo tempo que recupera a herança histórica do modelo. A plataforma é, também uma evolução da anterior, com a distância entre eixos maior em 13,4 centímetros, beneficiando o espaço interior, mas mantendo a lotação para cinco ocupantes. 010_jeepgc_nyc 002_jeepgc_nyc Para o mercado norte-americano, a Jeep vai dar-lhe, novos e mais eficientes motores de seis cilindros, alguns dos quais podem também funcionar a etanol E85. A entrada na gama ficará a cargo de um V6 de 3,6 litros com 280 cavalos. A marca norte-americana fala de uma melhoria no consumo na faixa dos 11% em relação à versão anterior. Não irá faltar o HEMI de 5,7 litros com 360 cavalos, com a função de desativação dos cilindros para reduzir o consumo de combustível. A versão europeia irá contar com os robustos motores diesel, embora a marca não tenha feito qualquer referência a eles. A nível tecnológico, o novo Grand Cherokee vai contar com a suspensão a ar Quadra-Lift, que aumenta ou reduz a distância ao solo, e o sistema Select-Terrain que assegura a melhor divisão de tração pelas quatro rodas, através de quatro modos para a condução no offroad. cherokeegfjgfh

Acordo entre Fiat e grupo Daimler-Chysler, fará com que as marcas americanas lançem modelos Fiat nos EUA

FIATCHRYSLER0 A Chrysler apresentou hoje ao governo americano, um plano de viabilidade econõmica que visa unir a Fiat e o grupo Daimler-Chrysler. Isso inclui até produzir veículos Fiat, como veículos das marcas do grupo americano. Em troca de ceder sua tecnologia, a Fiat ficará com 35% das ações da Chrysler, mais sem prestar nenhuma responsabilidade às dívidas da marca. Sem contar que o grupo Daimler vendeu, essa semana, 9,1% das suas ações, por cerca de 6 milhões de reais, ao fundo de investimento Aabar Investment, de Abu Dhabi. Os modelos que podem ser desenvolvidos em conjunto serão fabricados no méxico, na fábrica da Chrysler em Toluca. Dalí eles irão para os EUA e Canadá, e alguns virão para o Mercosul, assim como a Dodge Ram, Chrysler PT Cruiser e o Dodge Trazo, que estão para chegar ao Brasil em Junho próximo. Os novos modelos serão derivados do Punto, que fará surgir um hacht para a Dodge, o Panda Cross que dará vida a um veículo econômico para a Jeep, o Linea serviria de base para uma reestilisação do Dodge Caliber (irmão menor do Journey) e o Alfa Romeo 159, que compartilharia peças com os novos Chrysler Sebring e Dodge Avenger. Esses últimos seriam produzidos na fábrica do grupo americano na cidade de Michigan, nos EUA, para serem comercializados somente nos Estados Unidos, México e Canadá.

por 23 de março de 2009 Chrysler, Dodge, Jeep, Mercado

CHRYSLER PODE FECHAR AS PORTAS ATÉ O PRIMEIRO SEMESTRE DE 2009

Chrysler O mercado de automóveis americano passa por enormes dificuldades financeiras. A Chrysler, por exemplo, terá que fechar as portas caso não consiga se fundir com outra montadora, segundo fontes ligadas a marca. Sem essa fusão a montadora só seguira em operação até o primeiro semestre de 2009. As vendas da marca nos Estados Unidos tiveram uma queda de 35% em outubro, agravando ainda mais a crise. Caso a empresa seja mesmo vendida, as três marcas (Dodge, Jeep e Chrysler), serão vendidas separadamente, para que o valor arrecadado seja maior. O grupo Cerberus, dono da montadora e o grupo Chrysler ainda não se pronunciaram sobre o assunto. O presidente da GM, Rick Wagoner, o presidente da Chrysler, Bob Nardelli, e o da Ford, Alan Mulally, se encontraram com o líder do senado americano com o objetivo de conseguir auxílio de 50 bilhões de dólares. Essa ajuda está sendo aprovada pelo senado dos Estados Unidos.

por 9 de novembro de 2008 Chrysler, Dodge, Jeep, Mercado

WRANGLER PODERÁ SER VENDIDO NA ÁSIA PELA TATA

jeep Após a Chrysler anunciar que está em busca de parcerias para desenvolver seus futuros modelos, a Tata está interessada em fabricar o Jeep Wrangler sob seu logotipo e vendê-lo na Ásia. O desejo da Tata por esse modelo vem do fato da montadora não ter em seu catálogo um veículo verdadeiramente off-road, e, se tratando de modelos fora de estrada, o que seria melhor do que um Jeep, sinônimo de off-road? Se isso se concretizar o modelo será vendido na Índia e em alguns países vizinhos. Quais? Isso não foi revelado. alfaMiTo O acordo envolve ainda a Fiat, que deseja produzir modelos Alfa Romeo nos Estados Unidos. Dessa forma, o triângulo de parcerias ficaria da seguinte forma: A Tata fabrica o Wrangler e o vende na Ásia, enquanto a Chrysler fabrica modelos Alfa Romeo para os Estados Unidos, e a Fiat vende o Tata Nano sob seu logotipo na Europa.

por 3 de agosto de 2008 Alfa Romeo, Fiat, Jeep, Mercado, Segredos, Tata