Jiangling

Jiangling mostra clone da Volkswagen Amarok

Picape chinesa roubou a dianteira, mas todo o resto lembra os anos 90

2083280201520501182
Criatividade não é palavra de ordem em todas as fabricantes chinesas. A Jiangling Motors é dessas que preferem se inspirar em projetos de sucesso de outras fabricantes, mesmo que isso não soe como certo. Sua mais nova criação é o Jiangling T7, uma Volkswagen Amarok falsificada. 127044076873573704
A dianteira é praticamente uma cópia perfeita da picape da Volks – marca que os chineses tanto admiram – mas o resto do carro é tão sem graça quanto as outras dezenas de picapes chinesas, como a Effa Plutus vendida no Brasil. Parece ter saído dos anos 90. A marca é mais conhecida como JMC, e é a mesma que fabrica os caminhões N601 e N900 importados pela Effa. O motor deles é praticamente o mesmo 2.8 8v diesel de origem Isuzu, que gera 100cv. Ainda há um 2.2 a gasolina de 110cv como opção. A produção da nova picape na China começa em fevereiro.
1184812412108765099

por 25 de janeiro de 2015 Jiangling, Segredos

Xangai 2009-JiangLing LandWind X8

show_01_01 A JiangLing é uma das marcas chinesas mais conhecida no cenário internacional, juntamente com a Great Wall, a Chery e a Geely. O problema é de onde veio essa fama. O SUV LandWind X6, assim que desembarcou na Europa, foi submetido à um crash test, e o resultado foi desastroso, fazendo dele o modelo mais inseguro do mercado e dando aos carros chineses a fama de inseguros, o que nem sempre é verdade. show_01_02 Para tentar apagar essa imagem a JiangLing apresenta no Salão de Xangai o LandWind X8, um crossover com desenho bonito, propulsores modernos e que promete ser muito mais seguro se comparado ao X6. Algumas linhas da lateral do X8 lembram o Mitsubishi Outlander, mas no geral o X8 possui estilo próprio. Não temos imagens do interior, mas o nível de acabamento deve ser bom, caso a montadora queira mesmo competir com rivais de marcas famosas e mais confiáveis. show_01_05 A gama de motores será composta por um propulsor 2.5 common-rail turbodiesel de 142 cavalos produzido pela VW Motori como opção de entrada e por um bloco utilizado em modelos da Chrysler, um 2.8 com 150 e 193 cavalos. Uma enorme evolução se comparado ao X8 que possuía motor 2.8 turbodiesel de 90 cavalos. Além da China o crossover será disponibilizado na Europa.

por 21 de abril de 2009 Jiangling, Salão de Xangai