Pontiac

Supermotores brasileiros para exportação – Parte 1: GM Família 2

O Brasil teve bons motores, mas apenas para exportação

90_sunbird_engine[3]

Sabe o que é pior que a grama do vizinho ser mais verde que a sua? É ele ter pego aquela semente no seu jardim. Complicado, para não dizer impropérios. Mas este blog  não é sobre jardinagem, é sobre carros. Escrever que por vezes produzimos coisas maravilhosas que não ficaram no mercado interno nem mesmo por decreto-lei  é doloroso. E olha que desta vez não citarei os motores diesel comuns, que são fabricados aqui desde o começo dos anos 1980 e são todos exportados com veículos de passeio feitos aqui…

Leia mais ›

por 20 de março de 2016 Cadillac, Chevrolet, GM, Motores, Oldsmobile, Pontiac

Último Pontiac é produzido pela GM

Pontiac G6 GXP Show Car A Pontiac foi a primeira montadora do grupo GM a sofrer com a concordata, o que lhe custou a falência. E hoje, sem qualquer comemoração, foi produzido o último Pontiac em solo norte-americano, um G6 branco que irá para o museu da Pontiac. 2009_pontiac_g3-thumb Ainda falta o comacto G3 Wave, produzido no México, mas o fim dessa montadora de 83 anos, conhecida por ter dado início à onda dos Muscle cars, já está declarado com o fim de produção do G3 marcado para o mês que vem. A fábrica onde era produzido o G6 será reformada para que em 2011 ela volte a ser usada pela GM.

Fonte | AutoEsporte

por 27 de novembro de 2009 Fim de Carreira, Pontiac

General Motors anuncia oficialmente a falencia da Pontiac

Pontiac-Solstice-Coupe2 A General Motors fez o anuncio oficial, de que a Pontiac não faz parte de seus planos de reestruturação. A Pontiac fechará as portas e a Saturn será vendida. Segundo o Delaware’s The News Journal, a GM começou a desativar algumas de suas fáricas na última terça-feira. O roadster Solstice, juntamente com seu clone, o Saturn Sky, deixarão de ser fabricados. O Solstice (foto) causou furor quando foi revelado em 2005, e já em 2006 foi considerado o carro do ano no Salão de Detroit. Um Solstice prata será o último carro a ser produzido pela Pontiac. Algumas unidades do modelo foram vendidas no Brasil por importadores independentes. pontiac-solstice-coupe

por 31 de julho de 2009 Fim de Carreira, Pontiac, Saturn

Mais informações sobre a concordata da General Motors

1699358284384x295 Como já dissemos, a General Motors pediu sua concordata. Ela, que já foi motivo de orgulho para os norte-americanos e, que por 77 anos foi a maior montadora do mundo. O presidente Barack Obama, deu há pouco, sua declaração oficial sobre a maior concordata da indústria norte-americana. Segundo ele, o colapso ocorrido com a General Motors e a Chrysler, teria provocado um enorme dano à economia americana, ao decidirem de se resgatar, por meio de um processo de falência, logo seguido por uma reestruturação. "Num momento em que estamos no centro de uma recessão e de uma crise financeira profunda, a ruína destas empresas teria um efeito devastador para inúmeros americanos, além de causar prejuízos enormes a nossa economia, não só na indústria automobilística", afirmou Obama, hoje, em discurso na Casa Branca. Após Obama, o presidente da GM, Fritz Henderson, deu seu pronunciamento e, espera que a empresa saia da concordata entre 60 a 90 dias. Henderson assegurou que o pedido "não terá nenhum impacto na Europa, América do Sul e Ásia, e que a GM continuará operando sem interrupções". TRHJUTR O prejuíso dado pela GM Após a concordata, a GM receberá mais de US$ 30,1 bilhões de ajuda do governo dos Estados Unidos, que por sua vez, terá 60% do capital da empresa. No total, o tesouro norte-americano irá injetar na companhia US$ 50 bilhões, sendo que US$ 20 bilhões já foram liberados, quando a indústria automobilística local pediu ajuda financeira para fugir da falência. A GM ainda terá o reforço de US$ 9,5 bilhões dos governos do Canadá e da província de Ontário, que ficarão com 12% das ações. O fundo de previdência dos funcionários da GM assumirá 17,5% das ações. Os outros 10% ficarão nas mãos dos antigos credores, proprietários de obrigações não garantidas que aceitaram o plano de reestruturação. Essa concordata resultará no fechamento de 11 fábricas. A empresa pretende eliminar também 2.100 concessionárias nos EUA até o fim do próximo ano. Dentro do processo de reestruturação a GM vendeu a marca Hummer, mas o comprador até agora não foi divulgado. Já a Pontiac foi fechada e o mesmo deve acontecer com as marcas Saturn e Saab. Ao final da reestruturação, a GM terá 33 fábricas nos Estados Unidos, menos do que as 47 que possuía em 2008. A companhia também cortará mais de 21 mil funcionários até 2011. FJGFJ Brasil fica fora da concordata A LAAM(divisão que agrega subsidiárias da América latina, África e Oriente Médio). De acordo com esse comunicado, no Brasil continuará tudo normal, como está atualmente. As subsidiárias pertencentes à LAAM, fazem parte do grupo de subsidiárias auto-sulficientes, e dependem de autorização judicial para fazer parte da “nova GM”, como será chamada a nova estrutura que surgirá, sob a nova gestão da empresa. GM Sinking_640 Fontes: Reuters / Carsale / G1

por 1 de junho de 2009 Buick, Fim de Carreira, GM, Hummer, Pontiac

Especial-História da Pontiac

pontiac_logo A montadora que sofreu com mais força os impactos da crise foi a Pontiac, devido à decisão da General Motors de encerrar a produção de sua subsidiária. A Pontiac encerra suas atividades no próximo ano, com 84 anos de história e de muitos altos, como o GTO e o Firebird, e baixos, como o modelo Aztek. A Pontiac foi fundada em 1926 pela General Motors, o objetivo da GM com a marca era oferecer mais por menos, ou seja, modelos com motores de seis cilindros eram comercializados com preço de concorrentes de quatro cilindros. Na verdade antes de 1926 a Pontiac já existia, porém era uma fábrica de carruagens, fundada em 1893, que só passou a produzir carros sob a “tutela” da GM. pontiac 1928 Algum tempo depois a Pontiac iniciou a produção de modelos com oito cilindros em linha. O ponto forte desse motor era o custo, sendo mais barato que os concorrentes que utilizavam motores de oito cilindros em V, porém o motor em linha era mais pesado e desenvolvia potência inferior. 1938 Pontiac Coupe Graças à introdução de uma transmissão automática em 1948 e ao surgimento da classe jovem com um nível de vida mais elevado as vendas da Pontiac começaram a aumentar. No começo dos anos 50 a Pontiac iniciava a introdução de uma nova geração de modelos, mais elegantes, que possuíam para-brisa em peça única. 1955-pontiac-chieftain-blueSafari5-6-7-1 Em 1955 a Pontiac modificou novamente as suas linhas, mas a principal mudança estava sob o capô dos Pontiac, um novo motor V8 que gerava bons, para a época, 179 cavalos. No ano seguinte a marca mudou de presidente e de pensamento. Os produtos agora seriam esportivos, com maior comprimento e menor distância em relação ao solo. Pontiac-Grand_Prix_1963_800x600_wallpaper_01 Pontiac-GTO_1964_800x600_wallpaper_02Pontiac-GTO_1965_800x600_wallpaper_01 Em 1961 a Pontiac passava por uma nova reestruturação em seus modelos, mas tendo como objetivo a melhora da performance. Em 1964 O Pontiac GTO era lançado, talvez o carro mais famoso da Pontiac até hoje. Ele foi considerado o primeiro verdadeiro muscle car e iniciou uma febre por esse tipo de modelo. A Ford aproveitou isso e lançou nos anos seguintes o Mustang, que tinha estilo de muscle car, porém era menor, ficando conhecido como pony car. Pontiac firebird Outro modelo muito famoso da Pontiac que foi lançado naquela época foi o Firebird, que possui motores bastante potentes e firmava a Pontiac como montadora de esportivos. Com a recente onda de reviver carros do passado a Ford lançou o Mustang com estilo retro, o mesmo caminho foi seguido pela Chevrolet, com o Camaro, e pela Dodge, com o Challenger. Muitos aguardavam ansiosos por um novo Firebird, mas infelizmente, com o fim da Pontiac, isso não passou de um sonho. trans AM 1973 Em 1973 a Pontiac precisou parar com a produção de modelos potentes e beberrões devido à crise do petróleo. As linhas de montagens dos esportivos deram lugar à modelos menores e mais econômicos. Com isso se iniciou a perda de identidade da montadora. Proenix 1979 No fim dos anos 70 e início dos anos 80 foi lançado o primeiro Pontiac com tração frontal, o Phoenix. A partir disso o número de Pontiacs que saiam da fábrica com tração traseira começou a diminuir. Em 1982 a nova geração do Firebird marcou o regresso da marca ao mercado de carros de alto desempenho. Porém só em 1984, com o lançamento do Fiero, a Pontiac voltou a ter um bom volume de vendas, já que este oferecia bom desempenho e preço acessível. 11777-1997-Pontiac-Grand-Prixgrand prix 1997 No fim dos anos 80 e início dos anos 90 o ABS e o airbag passaram a equipar de série os modelos da Pontiac. Nos anos 90 a identidade da Pontiac começou a ser perdida, principalmente por causa das plataformas compartilhadas entre várias marcas do grupo GM. Em 1997 foi lançada a nova geração do Grand Prix, que não teve uma recepção tão boa por parte do público. aztek 2aztek 1 No ano de 2001 foi lançado um fracasso previsível, o Pontiac Aztek. Digo previsível por que, apenas olhando para este crossover é possível imaginar o sucesso que ele teria, ou melhor, a falta de sucesso. Pontiac-GTO_5.7_2004_800x600_wallpaper_04Pontiac-GTO_5.7_2004_800x600_wallpaper_0d Em 2004 o GTO voltou a aparecer na gama Pontiac, porém era apenas uma adaptação do Holden Monaro. Em 2005 foi lançado o Solstice, um simpático roadster compacto que compartilhava plataforma com o Opel GT e o Saturn Sky. Pontiac-Solstice_GXP_2007_800x600_wallpaper_02Pontiac-Solstice_GXP_2007_800x600_wallpaper_04 Atualmente, além do Solstice, a Pontiac tem em sua gama de produtos o compacto G3, o sedan grande G8, a família G6, composta pelo sedan, pelo coupé e pelo conversível. O coupé G5, menor que o G6, o crossover Torrent e o Vibe, uma mistura de hatch com minivan. Esperamos que, um dia, a Pontiac volte a produzir automóveis, e que esse dia não demore muito a chegar.

por 3 de maio de 2009 Pontiac

GM anunciou oficialmente o fim da marca Pontiac

pontiac_logo É oficial! A General Motors anunciou hoje o fim da marca Pontiac. Isso ocorreu devido ao plano de reestruturação do grupo GM. Só a GM, tem que saldar uma dívida de US$ 27 bilhões. A reestruturação, foi uma das principais exigências do presidente Barack Obama para que os empréstimos de ajuda à montadora fossem liberados. Caso obtenha êxito, esta operação permitirá evitar uma declaração de concordata, que é prevista para junho. Segundo o grupo norte-americano, a queda de vendas e a urgente necessidade de cortar custos foram os motivos para o fim da tradicional marca de esportivos, que conta com mais de oitenta anos de história. A GM a também anunciou como parte dos novos rumos do grupo, o fechamento de 16 das suas 47 fábricas até 2012, assim como a redução de 6.200 para 3.600 concessionárias nos EUA. Haverá também a redução dos funcionários horistas (que ganham por hora) que reduzirão em 25% os custos de fabricação dos veículos. O fim da produção da Pontiac acontecerá no início de 2010. Com esta decisão, a GM apenas pretende continuar com as marcas Chevrolet, Cadillac, Buick e GMC. Quanto à Saab, Saturn e Hummer, devem ser vendidas até ao final deste ano. Caso isso não ocorra, elas também podem fechar. pontiac1

por 27 de abril de 2009 Fim de Carreira, Pontiac

Esta pode ser a última semana de vida da Pontiac

A
A Pontiac deverá ser desligada do grupo General Motors. É isso que informa uma fonte interna da montadora. Segundo esta pessoa na próxima segunda-feira o anúncio oficial da falência da Pontiac será feito pela General Motors. A fonte anônima diz que a falência da Pontiac faz parte do plano de viabilidade da GM, que foi entregue semanas atrás ao presidente americano Barack Obama. Se livrar das marcas pouco lucrativas parece que é a saída escolhida pelo grupo GM para não falir por inteiro em meio à crise. Se você encontrar alguém interessado, a Hummer continua à venda e ainda dá tempo de comprar a Pontiac…

por 26 de abril de 2009 GM, Mercado, Pontiac

GM pode cancelar produção da Pontiac

logotipopontiac A Pontiac poderá ser a primeira vítima da atual crise, em que a GM atravessa. Segundo o canal Bloomberg, a General Motors, que tem até ao dia 1 de Junho para apresentar um plano de reestruturação válido, pretende cancelar a produção das marcas Pontiac e GMC como medida imediata para cortar custos. O grupo norte-americano continua à procura de soluções para conseguir convencer a administração Obama,  conceder mais ajuda financeira de forma a enfrentar a crise que atualmente atravessa.

por 16 de abril de 2009 Mercado, Pontiac

VÍDEO OFICIAL PONTIAC SOLSTICE COUPÉ

por 20 de março de 2008 Pontiac, Salão de Nova Iorque

SALÃO DE NOVA IORQUE-PONTIAC SOLSTICE COUPÉ TARGA

A pontiac revelou as primeiras imagens oficiais do novo Solstice Coupé targa, modelo que será apresentado no Salão de Nova Iorque. O modelo é a versão de produção do protótipo Pontiac Solstice Coupé, que foi apresentado no Salão de Detroit de 2002.Em relação ao protótipo ele mantém o desenho original, apenas com leves modificações necessárias, já que o conceito foi apresentado a 6 anos atrás. Entre estas modificações as principais são, o desenho da coluna B(entre a porta e o vidro lateral traseiro), mudanças nas luzes de ré, saídas de escape que agora mudaram de posição, e estão cercadas por um difusor de ar de plástico na cor preta. O teto, como se esperava, é do tipo targa, que pode ser retirado e acomodado no porta-malas. O Pontiac Solstice Coupé tem 3,99 metros de comprimento, e tem capacidade, como na versão roadster, para apenas dois ocupantes. Estará disponível com dois motores, ambos quatro cilindros em linha. O primeiro é um 2.4, que desenvolve 175 CV a 5.800rpm e possui torque de 27,11 kgfm a 4.500rpm, o outro é um 2.0 turbo, que gera 264 CV a 5.300rpm e torque máximo de 35,98 kgfm as 2.500rpm. Na versão 2.4 a transmissão é manual de 5 marchas, a 2.0 contará com cambio automático também de 5 velocidades. O carro contará com discos nas quatro rodas, de 297 mm na frente e 277 mm na traseira, os discos dianteiros são ventilados.

por 19 de março de 2008 Pontiac, Salão de Nova Iorque