PSA

Grupo PSA é o novo dono de Opel e Vauxhall por 2.2 bilhões de euros

Groupe_PSA

A fabricante alemã Opel é oficialmente parte do grupo PSA, junto com Citroën, Peugeot e DS. O anúncio foi realizado em entrevista coletiva na madrugada de hoje, segunda-feira, pelo presidente da PSA, o português Carlos Tavares. O acordo se estende à Vauxhall, presente no Reino Unido, e ao banco da GM na Europa.

Leia mais ›

por 6 de março de 2017 GM, Opel, PSA

PSA e GM concluem negociações para compra da Opel, diz Reuters

opel_mixed_17

O acordo entre General Motors e PSA para a compra da Opel pelo grupo francês foi fechado. A informação foi dada por duas fontes, ligadas ao acordo, à agência de notícia Reuters. As negociações foram concluídas hoje (03) e serão oficializadas na segunda feira.

Leia mais ›

por 3 de março de 2017 GM, Opel, PSA

10 marcas estrangeiras que deram o que falar nos anos 90

A abertura do mercado trouxe grande diversidade de carros ao Brasil

autowp.ru_vaz_mixed_5

O Brasil experimentou uma revolução em 1990, quando o então presidente Collor declarou seu desprezo por nossos carros, ou melhor, nossas carroças. Com os portos fechados para importações desde 1976, impedindo que qualquer tecnologia estrangeira entrasse no país, as montadoras viam-se obrigadas a trazer maquinários escondidos em bagagens para evoluir minimamente o mercado nacional. Anos antes de sofrer impeachment, Collor percebeu a situação da indústria nacional e abriu os portos.
Leia mais ›

DS terá novo topo de linha em 2018 para concorrer com Audi A6

O modelo será apresentado inicialmente ao mercado chinês

ds numero 9 (Copy)

Agora como uma marca independente no Grupo PSA (Peugeot-Citroën), a DS deverá apresentar um novo modelo topo de linha em 2018. Possivelmente batizado de DS 8, o modelo se juntará aos outros cinco atuais da marca, DS 3, DS 4, DS 5, DS 6 e DS 5LS. Assim como DS 6 e DS 5LS, o novo topo chegará inicialmente ao mercado chinês, deixando a Europa em segundo plano.

Leia mais ›

por 13 de julho de 2015 Citroën, PSA, Segredos

Peugeot 308 reestilizado é visto antes de sua estreia em Buenos Aires

O modelo chega ao Brasil ainda em 2015

PEUGEOT-3081 (Copy)

Um dos lançamentos mais aguardados do Salão de Buenos Aires, que abre as portas ao público na próxima sexta-feira (19), os Peugeot 308 e 408 reestilizados foram flagrados mais uma vez antes de suas apresentações oficiais. Fabricados em Palomar, na Argentina, os modelos serão exclusivos para o Mercosul e virão ao Brasil até o final de 2015.

Leia mais ›

PSA mostra interior conceitual que se adapta ao seu estado de espírito

Iluminação, cheiro, odores e texturas se modificam para acalmar o motorista

0001-psa-tech-005-1
A PSA Peugeot Citroën também aposta em interiores conceituais. O Chrysalide Concept propõe um habitáculo capaz de interpretar como estão os ânimos do motorista e se adapta a ele. Uma câmera interpreta se o motorista está estressado, cansado ou irritado e é capaz de modificar a iluminação, músicas, odores e textura de algumas áreas na tentativa de acalmar o motorista ou despertá-lo. 0002-psa-tech-006-1
O sistema é personalizável, e o motorista pode escolher as próprias fragrâncias que quer, assim como sua música e o tipo de massagem que o banco pode fazer. Outro destaque do conceito é o sistema de som Spatial Sound 3D que, por exemplo, quando o GPS diz para dobrar à direita, o som é emitido do lado direito. O ar-condicionado ainda possui sistema de purificação do ar que já está à venda na China. Os dois sistemas serão oferecidos a nível global para os Peugeot, Citroën e DS a partir de 2016.
INNOVATION DAY

por 14 de maio de 2014 Citroën, Conceitos, Peugeot, PSA

Aliança Peugeot-Dongfeng pode gerar frutos para o Brasil

Fortalecimento da marca em mercados emergentes está nos planos

china_dongfeng_peugeot_185332338_39420751
A PSA Peugeot Citroën e Dongfeng oficializam recentemente parceria estratégica nas áreas industrial e comercial. Agora, o presidente do Conselho da chinesa Dongfeng Motor Group, Xu Ping, declarou que o acordo entre as duas empresas não é limitado à região da Ásia-Pacífico, e que Brasil e Rússia, dois mercados emergentes, são possíveis mercados futuros. As duas empresas, já formavam joint-venture bem estabelecido na China, e agora poderão aprofundar seus negócios no país e no mundo – está nos planos triplicar as vendas totais para 1,5 milhão de veículos em 2020. Aliança dá à Dongfeng 14% das ações da PSA. Outros 14% foram comprados pelo governo francês. Foi uma forma de salvar o Grupo PSA, que enfrenta crise profunda no mundo todo. Cada um dos investidores injetará € 800 milhões na ampliação de capital lançada pela PSA, de € 3 bilhões. Para completar o valor, o Banco Santander, novo parceiro para financiamentos de automóveis, emprestará € 1,5 bilhão até 2018. Dentre os planos da Dongfeng está a construção de um centro de pesquisa e desenvolvimento na China focado em novas tecnologias para mercados emergentes. De lá podem sair carros que serão vendidos por aqui dentro de alguns anos.

por 28 de março de 2014 Peugeot, PSA

DS pode se tornar marca independente dentro da PSA

Hoje em uma submarca, modelos de luxo podem ter marca própria

autowp.ru_citroen_ds3_cabrio_1
O nome “DS” foi usado pela primeira vez em 1955 por um dos carros mais inovadores da Citroën e em 2009 se transformou na submarca de luxo da fabricante francesa. O próximo passo pode ser separar a DS da Citroën, aponta o novo CEO da PSA Peugeot-Citroën, Carlos Tavares. Vale lembrar que, na Europa, quem tem conotação premium dentro do grupo é a Peugeot e não a Citroën, como é no Brasil. Tornar a DS uma marca é uma tendência, percebida desde que  falou-se na criação de concessionárias independentes na China e pela inauguração em Paris de um novo local de exposição para os modelos de luxo, com o nome de DS World Paris. O que não se sabe é quando a PSA promoverá a DS.

por 13 de março de 2014 Citroën, PSA, Segredos

GM vende todas as ações da Peugeot, mas mantém acordo de desenvolvimento

Empresas terão modelos compartilhados a partir de 2016

GM-PSA-800x507
Dias depois de anunciar a saída da Chevrolet do continente europeui, a General Motors (GM) anunciou que venderá todas as ações que tem do grupo francês PSA Peugeot Citroen, que representa dos 7% ativos da empresa. Apesar disso, elas mantém aliança que está focada no desenvolvimento em comum de veículos, compras, logística e compartilhamento das capacidades de produção. Os 7% da PSA valem cerca de 24,8 milhões em ações, e foram repassados a “investidores institucionais", indica a GM em comunicado. A General Motors tinha adquirido esta parte ao estabelecer uma aliança estratégica com o grupo francês em março de 2012. "O nosso investimento destinava-se a apoiar a PSA nos esforços para reforçar o capital no momento da criação de uma aliança e este apoio já não é necessário", disse o vice-presidente da GM, Steve Girsky. "A nossa aliança continua sólida e focada em programas conjuntos de desenvolvimento de veículos, compras e logística", acrescentou. O grupo PSA Peugeot Citroën, que confirmou estar a negociando parceria com a chinesa Dongfeng, já tinha anunciado antes que a aliança com a GM seria revista. A parceria entre as duas fabricantes envolve o desenvolvimento de um monovolume compacto e um CUV médio. Os dois parceiros também vão colaborar no desenvolvimento de um novo modelo de veículo utilitário leve compacto baseado numa plataforma de última geração da PSA. Os primeiros veículos resultantes da Aliança devem ser comercializados a partir de 2016.

por 16 de dezembro de 2013 GM, Mercado, PSA

Próxima Zafira pode ser fabricada pela PSA

Aliança entre GM e PSA estabelece compartilhamento de projetos

opel_zafira_tourer_biturbo_4
Numa forma de estreitar a aliança entre a General Motors e a PSA Peugeot-Citroën, a próxima geração do Opel Zafira poderá ser produzida na fábrica da PSA em Sochaux, na França, aponta o jornal Les Echos. Hoje a minivan é poduzida em duas fábricas na Alemanha. Em contrapartida, a próxima geração do Citroën C3 Picasso deixaria de ser fabricada na Eslováquia para ser fabricada na unidade da Opel em Zaragoza, na Espanha, junto com Meriva e Corsa. Opel Corsa 2011
General Motors e PSA firmaram uma aliança que envolve o desenvolvimento de modelos compartilhando suas plataformas, o que deve acontecer com estes modelos que serão remanejados. O mais curioso é que a PSA não pode usar plataformas de carros médios da GM por esta estar ligada à chinesa SAIC, maior concorrente da PSA na China. A PSA também não conseguiria usar as transmissões de dupla embreagem da GM em seus modelos. A próxima empreitada das duas empresas será com sedãs médio-grandes. O novo Opel Insignia será baseado na plataforma modular da PSA, a EMP2, assim como o novo Citroën C5. Os dois serão fabricados em Rennes, na França.

por 30 de setembro de 2013 GM, Opel, PSA, Segredos