Salão de Pequim

Exclusivo para a China, Mazda CX-4 aparece em Pequim

2016-mazda-cx-4

Depois de alguns teasers, o Mazda CX-4 finalmente apareceu no Salão de Pequim. O novo integrante da crescente família de SUVs da marca japonesa tem o estilo “da moda”, com carroceria cupê-crossover, e é exclusivo para os chineses. Com dimensões maiores do que o esperado, o novo utilitário tem a mesma distância entre-eixos do CX-5 (2,70 metros) e usa rodas aro 17. Leia mais ›

por 28 de abril de 2016 Mazda, Salão de Pequim

Audi TT RS Coupé e Roadster surgem em Pequim com 400 cv

11510922601021483005

O Audi TT sempre chamou atenção pelo estilo e pela mecânica. E desde 1998 a marca alemã vem aprimorando a receita. Mas agora a fabricante decidiu jogar pimenta de verdade e tirou do forno o TT RS, nas versões Coupé e Roadster, com 400 cv de potência. Leia mais ›

por 27 de abril de 2016 Audi, Lançamentos, Salão de Pequim

Volkswagen T-Prime Concept antecipa novo crossover topo de linha

VW-T-Prime-8W - Copia

A Volkswagen prepara uma atualização completa da sua gama de crossovers, que vem sendo antecipada por conceitos desde 2014. Agora, em Pequim, a alemã mostra o protótipo que originará seu topo de linha no segmento. Batizado de T-Prime Concept GTE, é “um dos carros mais avançados do mundo”, de acordo com a VW.

Leia mais ›

por 26 de abril de 2016 Salão de Pequim, Volkswagen

Citroën C6 renasce na China como sedã topo de linha

Citroen C6 2017- (3)

A Citroen recuperou o nome C6, descontinuado em 2012, para um novo sedã com design completamente diferente dos outros carros da marca, criado exclusivamente para o mercado chinês. Por lá, o modelo será o mais caro e luxuoso da marca, e terá o espaço interno como grande destaque: são 2,90 m de entre-eixos.

Leia mais ›

por 26 de abril de 2016 Citroën, Salão de Pequim

Os “compridinhos” do Salão de Pequim

Carros com entre-eixos alongado são destaque em evento chinês

SEDÃS LONGOS CHINA (4)

Se todos os dias surge um novo fabricante de automóveis na China, o número de fábricas por lá certamente tende a infinito. Tente imaginar que por trás de cada coisa com “made in China” ou “made in P.R.C.” no rótulo que você vir há um dono chinês milionário. Isso vale para o enfeite de mesa, o chaveiro, o fone de ouvido, quase todas as canetas que estão sobre sua mesa e até para aquela Torre Eiffel que seu primo trouxe da França. E todos esses executivos chineses andam no banco de trás de um sedã com entre-eixos enorme. É por isso que na China existem versões alongadas até mesmo de SUVs, e o Salão de Pequim deixa isso bem claro.

Leia mais ›

por 26 de abril de 2016 Audi, BMW, Jaguar, Mercedes-Benz, Salão de Pequim

Peugeot mostra o 308 Sedan, que substitui o 408 na China

1967902179523424372

A Peugeot aproveitou o Salão de Pequim para mostrar o novo 308 Sedan. O modelo, que substitui o 408 por lá, usa a mesma plataforma modular do 308 europeu, a EMP2. E apesar da diferença entre as carrocerias, tem muito em comum com o carro vendido no Velho Continente.

Leia mais ›

por 25 de abril de 2016 Lançamentos, Peugeot, Salão de Pequim

Renault Koleos, novo SUV topo de linha da marca, é revelado na China

17831666411925426226

A aposta da Renault nos utilitários é clara. Nos últimos anos, a marca lançou o Captur e o Kadjar em curto espaço de tempo. E agora, no Salão de Pequim, aposta mais uma vez em um modelo deste tipo. O do momento é a nova geração do Koleos, que ocupa o topo da linha de SUVs da fabricante.

Leia mais ›

por 25 de abril de 2016 Lançamentos, Renault, Salão de Pequim

Cópia chinesa do Porsche Macan estreia no fim de abril

zotye-sr8-china-3-660x378

Já faz quase um ano que surgiram as primeiras imagens do Zotye T700. E o que mais impressionou foi o fato de o modelo chinês ser praticamente um clone do Porsche Macan. Agora, perto do lançamento, o utilitário asiático mudou de nome. Agora, se chama SR8. Mas esta é a única coisa original no modelo que vai aparecer oficialmente no Salão de Pequim, dia 25 deste mês. Leia mais ›

por 13 de abril de 2016 Lançamentos, Porsche, Salão de Pequim, Zotye

Chery Tiggo passa por mais uma reestilização na China

Modelo tem plataforma antiga mas ganhou visual moderno

tiggo-205-1
Apesar do Chery Tiggo ter sido reestilizado no Brasil no ano passado, a Chery ainda mantém o modelo em produção com o primeiro visual e já tem uma nova geração do modelo à venda por lá desde o ano passado como Tiggo 5. Mesmo assim ela insiste na primeira geração do SUV, que passou por reestilização mais uma vez. E não é que ficou legal? tiggo-207-1
Não parece mais que esta geração do Tiggo foi inspirada no antigo Toyota RAV4, a não ser que você o veja de perfil. De resto, ele passa a se assemelhar muito mais com o Tiggo 5 ao adotar os faróis estreitos bem integrados à nova grade e LEDs diurnos acima dos faróis de neblina. Ele realmente está de cara nova. Na traseira, finalmente fizeram alterações profundas ao modificar a tampa do porta-malas, as lanternas e o para-choque.
tiggo-206-1
O interior é que destoa, tendo como principal novidade o volante multifuncional com comandos para a central multimídia e para o piloto automático, no caso da versão automática. O ar-condicionado digital agora tem funcionamento mais simples. Não houve alterações na qualidade do acabamento nem no isolamento acústico.
tiggo-208-1
Para evitar canibalização, a versão será oferecida na China apenas com motor 1.6 de 117 cv e tração dianteira, com opção de câmbio automático CVT. Isso, entretanto, não impede que ele receba motores 1.8 e 2.0 para ser enviado para outras partes do planeta. tiggo-202-1

por 5 de maio de 2014 Chery, Salão de Pequim

Carro chinês mais caro da história é vendido por R$ 1,8 milhão

Sim, a China faz carros de luxo. Sim, eles são mais baratos

8820824351004829711
Criado originalmente para o governo chinês, como solução para substituir carros de luxo estrangeiros, o Hongqi L5, fabricado pela FAW, passa a estar disponível agora para civis. O primeiro comprador foi um empresário local que teria desembolsado cerca de 5 milhões de yuans, o que ao câmbio atual representa algo como R$ 1,8 milhão. Considerando que por aqui um Rolls-Royce Ghost custa a partir de R$ 2,3 milhões, há uma boa economia. 893612206557752451
Com design que remete aos Symca Chambord e Willys Itamaraty, o Hongqi L5 tem 5,55 m de comprimento, 2,01 m de largura e nada mais que 3,43 m de entre-eixos e pesa 3.175 kg. Para dar conta de tudo isso foi escalado um motor 6.0 V12 de 402 cv e 55,3 kgfm de torque operado por uma transmissão automática de seis velocidades.
11068311391426833891542552011174911078
O acabamento pode não ser revestido com o couro de uma cabra que só existe na Guatemala, ou de madeira que só existe nas Filipinas, por exemplo, mas pelo que as imagens revelam o L5 ao menos aparenta ser dotado de alguma tecnologia – há telas de LCD para tudo – e algum conforto, como diversas saídas de ar-condicionado para o banco de trás e regulagens elétricas para os bancos. E ainda tem diversos adereços cromados, como os chineses adoram. 1621355278201723676817918240871062109120

por 27 de abril de 2014 FAW, Mercado, Salão de Pequim