Vendas

Fabricação de veículos em agosto é 18,4% menor que em 2015

Prisma-onix-2017

A Anfavea divulgou hoje os dados referentes à fabricação de veículos no mês de agosto. A redução foi de 18,4% em relação a agosto de 2015, com 177.726 unidades. Em comparação com julho, a queda foi de 6,4% na produção, embora os números de venda tenham crescido em 1,4%.

Leia mais ›

por 6 de setembro de 2016 Mercado, Vendas

Hyundai HB20 chega a 500 mil unidades produzidas

Reestilização será apresentada nos próximos meses

hyundai_hb20_1

Um dos maiores sucessos de público dos últimos anos no Brasil, o Hyundai HB20 comemora a marca de 500 mil unidades produzidas desde seu lançamento, em 2012. Fabricado em Piracicaba, interior de São Paulo, o modelo foi desenvolvido exclusivamente para o mercado brasileiro. Atualmente ocupa o terceiro lugar no ranking dos modelos mais vendidos no país, com 60.811 exemplares comercializados entre janeiro e julho de 2015, segundo números da Fenabrave.

Leia mais ›

por 25 de agosto de 2015 Hyundai, Mercado, Vendas

Ferrari 488 GTB tem fila de espera de quatro anos na Austrália

Crise? Não no mercado australiano

ferrari_488_gtb_25

Sucessora da aclamada 458 Italia, a Ferrari 488 GTB está fazendo mais sucesso que o esperado na Austrália. Com mais de 400 encomendas já feitas, a fila de espera do superesportivo já chega a quatro anos – tempo suficiente para que a marca apresente sua primeira reestilização, diga-se de passagem. Uma provável justificativa? O modelo ficou 55.529 dólares australianos mais barato que o antecessor, custando “apenas” 469.888 dólares (R$ 1,2 milhão). Uma pechincha.

Leia mais ›

por 6 de agosto de 2015 Ferrari, Mercado, Vendas

Jeep Cherokee fica R$ 15 mil mais barato e parte de R$ 184.900

Motor V6 3.2 e câmbio de nove marchas equipam o modelo

jeep_cherokee_limited_14 (Copy)

A Jeep anunciou a redução dos preços do Cherokee, utilitário intermediário da marca no Brasil. Agora R$ 15 mil mais barato em todas as versões, o modelo parte de R$ 184.900. De acordo com a marca, a ação está sendo realizada em comemoração ao crescimento de 669% de suas vendas no primeiro semestre de 2015 em relação ao mesmo período de 2014. O lançamento bem-sucedido do Renegade é o principal fator da ascendência da Jeep.

Leia mais ›

por 15 de julho de 2015 Jeep, Mercado, Vendas

Em crise, indústria automobilística registra queda de 18,5% na produção

A exportação de veículos, porém, cresceu até 96,8%

industria 2

A Anfavea (Assosiação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) divulgou na última segunda-feira (6) o balanço da indústria automobilística referente ao mês de junho. Apresentados juntos dos resultados do acumulado do primeiro semestre de 2015, o números preocupam a economia pela retração de 18,5% em relação ao mesmo período de 2014.

Leia mais ›

por 7 de julho de 2015 Emplacamanetos, Mercado, Vendas

Em baixa: Anfavea registra quedas no setor automotivo no Brasil

Indústria já sofre com o recuo de 25,2% nas vendas em relação a 2014

Funilaria - Robôs (2)[3]
Revelando um preocupante cenário econômico no país, a Anfavea (Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores) divulgou nesta quinta-feira (7), o balanço da indústria automobilística no último mês de abril e no acumulado de janeiro a abril. Segundo a associação, em abril houve recuo de 6,6% no número de veículos comercializados em relação a março de 2015: foram 234.600 contra 219.300 emplacados no período. Quando comparada com os mesmos períodos de 2014, a queda é ainda maior: em abril do ano passado, foram vendidas 293.200 unidades, uma retração de 25,2%. Fabrica Chevrolet Brasil[2]
No acumulado do ano, os 19,2% negativos em relação a 2014 se dão pela diferença de mais de 100 mil veículos. Foram comercializados, de janeiro a abril de 2014, 1,1 milhão de veículos, enquanto no mesmo período de 2015 a indústria registra 893.600.
Mahindra-Brasil.3-620x412[3]

A queda nas vendas já afeta as montadoras: Volkswagen, Ford e Fiat anunciaram, como medida para o corte de produção, férias coletivas, enquanto a Ford e a Volkswagen também suspenderão, por cerca de cinco meses, contratos de centenas de trabalhadores em São Bernardo do Campo (SP). A GM, por sua vez, já promoveu o lay-off (medida que suspende o contrato dos trabalhadores) em São José dos Campos (SP) e licença remunerada em sua unidade instalada em São Caetano do Sul (SP). Cerca de 16 mil trabalhadores já foram afetados. Outro exemplo é a desistência de fabricantes do mercado brasileiro, como recentemente fez a Mahindra, que encerrou suas atividades por aqui.

por 8 de maio de 2015 Brasil, Mercado, Vendas

Mercado ensaia recuperação em dezembro e Palio fecha 2014 como o mais vendido

Após 27 anos ininterruptos, Volkswagen Gol perde a liderança

palio_way_0004

Dados da Federação Nacional de Distribuidores de Veículos Automotores (Fenabrave) confirmaram o que se desenhou no decorrer de 2014. As vendas caíram, mas o mercado ensaiou uma recuperação no mês de dezembro – incremento de 5,25% em relação ao mesmo período de 2013 – e trouxe uma surpresa: depois de 27 anos, o Gol foi ultrapassado pelo Palio por uma diferença de 385 unidades. De acordo a Fenabrave, foram emplacados 353.558 veículos de passeio e comerciais leves em dezembro, contra 279.822 em novembro; crescimento de 26,35%. No acumulado do ano, estes segmentos caíram 6,91%. Foram comercializados 3.328.716 em 2014, contra 3.575.886 no ano de 2013. Alarico Assumpção Jr - FenabraveDe acordo com Alarico Assumpção Jr., presidente eleito para o próximo triênio na Fenabrave, o ano de 2014 foi um período atípico para diversos setores da economia. Para ele, o crédito mais restrito no mercado, maior endividamento da população, PIB próximo de zero, inflação e juros mais altos, contribuíram para a queda nas vendas neste período. “O menor número de dias úteis, em função da Copa do Mundo, além das eleições, também contribuiu para o resultado deste ano”, disse. Segundo o presidente da Fenabrave, depois de 10 anos de forte crescimento, o setor passou por dificuldades em 2014. “A expectativa é de que tenhamos, em 2015, um ano um pouco melhor que 2014, mas certamente não será um período de crescimento virtuoso”, pondera Assumpção Jr. A previsão da entidade é de que haja de queda de 0,5% nas vendas de automóveis de passeio e comerciais leves em 2015. Hatches: foto05_Novo_Gol_1_6_Power_1_18-07-12 Em dezembro – Depois de seis meses de liderança do Palio, o Volkswagen Gol retomou a primeira posição. Foram emplacados 24.150 Gol contra 22.958 Palio. Com a medalha de bronze, ficou o Chevrolet Onix, com 17.951 unidades vendidas. Em quarto, o Hyundai HB20 fechou dezembro com 12.921 emplacamentos. Completando o Top 5, o Renault Sandero vendeu 12.911 unidades. Em 2014 – O Gol (183.356) viu sua hegemonia ser interrompida após 27 anos. Neste ano, coube ao Palio (183.741) assegurar o troféu de líder. Com medalha de bronze, o Chevrolet Onix (150.829) garantiu a terceira posição no pódio. A quarta colocação ficou com o Fiat Uno (122.241) e o Hyundai HB20 (119.776) fecha o grupo dos cinco mais vendidos. Sedãs: SIENA 6 - Essence Em dezembro – A liderança ficou com o Chevrolet Prisma (9.549), que tem sido destaque nas vendas entre os sedãs, nos últimos meses. Em segundo lugar, o Fiat Siena (9.430) manteve boa margem para o Toyota Corolla (7.587). Em quarto e quinto, respectivamente, estão Hyundai HB20S (7.361) e Volkswagen Voyage (5.630). Em 2014 – Com segurança, o Fiat Siena (106.968) manteve a liderança. Mais atrás, o Chevrolet Prisma (88.373) tomou boa diferença em relação ao Volkswagen Voyage (75.137). Em quarto e quinto, respectivamente, Toyota Corolla (63.290) e Hyundai HB20S (59.937) fecham os três volumes mais vendidos. Curiosamente, os cinco sedãs mais vendidos no ano, foram os que mais venderam em dezembro. Comerciais leves Pick-ups: Strada_Virtual_Reality_009 Em dezembro – Nesta categoria, a Strada (13.343) reina sem ser incomodada. Na segunda posição, a Volkswagen Saveiro (9.449) diminui a diferença com a pick-up da Fiat; talvez um reflexo do lançamento da versão cabine dupla. Na terceira posição do pódio ficou a Toyota Hilux (5.088). Em quarto e quinto lugares, respectivamente, deu dobradinha Chevrolet: S10 (4.423) e Montana (2.679). Em 2014 – As cinco pick-ups mais vendidas em dezembro foram, também, as mais vendidas em 2014. Em primeiro, a Strada (153.130) defendeu com folga o topo entre as pick-ups. O modelo da Fiat, que chegou a ser o carro mais vendido no mês de março, fechou o ano com mais de 70 mil unidades de diferença para a vice-líder Volkswagen Saveiro (83.033). Em terceiro lugar, a Chevrolet S10 (50.812) manteve margem segura para a Toyota Hilux (43.304). Fechando o grupo das cinco mais vendidas, a Chevrolet Montana (35.731) ficou um pouco mais isolada. SUVs: EcoSport FreeStyle 14[3] Em dezembro – No último mês de 2014, a liderança entre os Smart Utility Vehicle (SUV) ficou com o Renault Duster (5.824). Em segundo lugar, o Ford EcoSport (5.046) manteve margem mais que segura para o Hyundai Tucson (1.814) que foi o terceiro mais vendido do mês. Em quarto e quinto lugares, respectivamente, ficaram Mitsubishi ASX (1.470) e Hyundai IX35 (1.464). Em 2014 – Apesar de alternar a liderança em alguns meses, o segmento continuou com o Ford EcoSport (54.263) na liderança. Em segundo lugar, o Renault Duster (48.866), no final da reta o Renault Duster viu a traseira do EcoSport. Em um pelotão mais afastado, ficaram Hyundai Tucson (18.176), Hyundai IX35 (15.315) e Mitsubishi Pajero (14.747). Marcas: Em dezembro: 1º – Fiat: 67.006 automóveis vendidos – 18,95% de participação no mercado 2º – Volkswagen: 61.104 automóveis vendidos – 17,28% de participação no mercado 3º – Chevrolet: 58.276 automóveis vendidos – 16,48% de participação no mercado 4º – Ford: 35.993 automóveis vendidos – 10,18% de participação no mercado 5º – Renault: 29.914 automóveis vendidos – 8,46% de participação no mercado Em 2014: 1º – Fiat: 698.179 automóveis vendidos – 18,95% de participação no mercado 2º – Chevrolet: 578.752 automóveis vendidos – 17,39% de participação no mercado 3º – Volkswagen: 576.596 automóveis vendidos – 17,32% de participação no mercado 4º – Ford: 308.146 automóveis vendidos – 9,26% de participação no mercado 5º – Renault: 237.197 automóveis vendidos – 7,13% de participação no mercado. Fonte | Fenabrave

por 10 de janeiro de 2015 Brasil, Emplacamanetos, Mercado, Vendas

Em novembro de queda nas vendas, Palio ultrapassa Gol e lidera mercado

Modelo da Fiat ultrapassou o hatch da Volkswagen no acumulado do ano

palio_way_0001
Ao que parece, noticiar as baixas em vendas de automóveis virou uma constante não muito agradável para a Federação Nacional de Distribuidores de Veículos Automotores (Fenabrave). O mês de novembro deste ano foi mais um mês de baixa nas vendas. Vale ressaltar que em 2014, houve incremento apenas nos meses de janeiro e fevereiro, quando comparados aos mesmos períodos do ano anterior. De acordo a Fenabrave, foram emplacados 279.826 veículos de passeio e comerciais leves em novembro, contra 291.388 em outubro; queda de 3,97%. Se comparado com novembro do ano passado (288.184 automóveis), o resultado aponta para baixa de 2,9% nas vendas. No acumulado do ano, estes segmentos caíram 8,17%. Foram comercializados 2.975.179 veículos nos primeiros onze meses de 2014, contra 3.239.960 no mesmo período de 2013. Buscando um índice positivo para acalmar o setor, a Fenabrave justificou que apesar da queda dos índices citados anteriormente, a média diária de vendas de automóveis e comerciais leves foi superior em novembro, com 13.991 unidades, ante 13.245 em outubro, num aumento de 5,64%. Segundo o presidente do Conselho Deliberativo e Diretor da Fenabrave, Flávio Meneghetti, a queda se deve ao menor número de dias úteis registrados em novembro (20 dias) em relação a outubro (22 dias).

Hatches:

 chevrolet_onix_lollapalooza_17
Pelo sexto mês consecutivo, o Palio é o líder. E, a chegada de novembro causou alvoroço nas vendas em acumulado. O modelo ítalo-mineiro foi o mais vendido de novembro, com 15.399 unidades novas. No total, são 160.784 Pálios vendidos até novembro de 2014. O hatch da Fiat ultrapassou – por pouco mais de 1.500 unidades – o então líder Volkswagen Gol, que tem 159.207 emplacamentos no ano. Em novembro, o Gol vendeu 12.024 unidades e foi apenas o terceiro, atrás do Chevrolet Onix, que teve 14.484 emplacamentos. Em quarto foram 10.748 novos Ford Ka.  Fechando o Top 5, o Hyundai HB20 aparece com 10.688 emplacamentos.

Sedãs:

Prisma advantage
Entre os três volumes, a liderança fica com o Chevrolet Prisma, que passou o Siena em outubro e permaneceu na liderança com 7.658 vendas. O três volumes da Fiat fechou o décimo primeiro mês do ano com 7.464. Em terceiro, o Hyundai HB20S  vendeu 6.189 unidades. Na quarta colocação, o Toyota Corolla fechou novembro com 6.133 unidades emplacadas, o necessário para conquistar a décima segunda colocação no geral. Fechando o Top 5 dos sedãs, o Volkswagen Voyage emplacou 5.195 novos exemplares.

Comerciais leves
Pick-ups:

Saveiro_Cross_00038(1)[4]
Entre as pick-ups, a Strada reina sem ser incomodada. Com 11.435 novas unidades em novembro, o modelo da Fiat manteve a primeira posição entre os comerciais leves. Menos vendida que a líder, a Saveiro manteve o segundo lugar entre as pick-ups.  O utilitário da Volkswagen chegou aos 8.643 emplacamentos, e mantém margem segura contra a S10 (terceira). A pick-up da Chevrolet fechou o mês com 3.922 novas unidades nas ruas. Na quarta colocação quem aparece é a Toyota Hilux, com 3.697 vendas. Fechando o Top 5 de novembro entre as pick-ups, a Chevrolet Montana aparece na quinta colocação com 3.258 unidades emplacadas, um pouco mais distante das quatro primeiras.

SUVs:

1918_renault_duster_outdoor_002[3]
Neste segmento, continua quase tudo do mesmo jeito. O Renault Duster ultrapassou o EcoSport (segundo) em outubro, manteve a liderança, e surpreendeu entre os Smart Utility Vehicle (SUV). Com 4.431 emplacamentos, o jipinho da Renault foi o líder entre os SUV. Ele manteve distância segura para o modelo da oval azul que, na segunda colocação na categoria, emplacou 4.111 unidades no mês. Em terceiro lugar, o Hyundai Tucson garantiu a medalha de bronze com 1.328 novas unidades nas ruas. Pouco atrás, o Mitsubishi Pajero sonha com o terceiro lugar: 1.227 emplacamentos, um pouco a frente do Hyundai IX35, que fechou o Top 5 dos SUV, com 1.156 vendas em novembro.

Marcas:

Mais uma vez a liderança continuou com a Fiat. Com 54.946 emplacamentos e 19,64% de participação, a ítalo-mineira continua com boa vantagem. Com medalha de prata, a Chevrolet permaneceu na vice-liderança no último mês. A marca norte-americana alcançou a marca de 51.130 veículos novos vendidos, e 18,27% do mercado no mês. Em terceiro lugar, a Volkswagen vendeu 43.842 novos carros, e abocanhou 15,67% da fatia do mercado. Em quarto lugar, a Ford segue mais distante com 28.161 unidades e 10,06% de participação, seguida pela Hyundai que, com 21.248 unidades e 7,59% da fatia do mercado. Fonte | Fenabrave

por 3 de dezembro de 2014 Brasil, Emplacamanetos, Mercado, Vendas

Vendas de automóveis no Brasil crescem 3,15% em outubro

No entanto, mercado não mostra recuperação em relação a 2013

Teste-Novo-Palio-2012-01
Pelo oitavo mês seguido o levantamento mensal da Federação Nacional de Distribuidores de Veículos Automotores (Fenabrave) mostrou que o mercado não consegue se recuperar em relação a 2013.  Apesar da melhora nas vendas em relação ao mês de setembro deste ano, quando comparado ao mês de outubro do ano passado, as quedas nos emplacamentos de veículos continuam. Neste ano houve incremento apenas nos meses de janeiro e fevereiro, quando comparados aos mesmos períodos do ano anterior. De acordo a Fenabrave, foram emplacados 291.412 veículos de passeio e comerciais leves em setembro, contra 282.519 em setembro; incremento de 3,15%. Se comparado com outubro do ano passado (313.472 automóveis), o resultado aponta para queda de 7,04%. No acumulado do ano, estes segmentos caíram 8,69%. Foram comercializados 2.695.393 veículos nos primeiros dez meses de 2014, contra 2.951.776 no mesmo período de 2013. “Se computarmos apenas o número as vendas acumuladas em dias úteis, a queda seria de 6,9%, já que tivemos até agora, em 2014, 206 dias úteis, ante 210 em 2013. Esta diferença já representa um bom volume no comparativo”, comenta o presidente da Fenabrave, Flavio Meneghetti.

Hatches:

Hyundai HB20 
Pelo quinto mês consecutivo, o Palio é o líder. O modelo ítalo-mineiro foi o mais vendido de outubro, com 16.622 unidades novas. Em segundo lugar, o Chevrolet Onix surpreende com 13.590 emplacamentos. Aparecendo somente em terceiro, o Gol vendeu 12.455 unidades. Em quarto foram 11.192 novos Fiat Uno.  Fechando o Top 5, o Hyundai HB20 aparece com 10.603 emplacamentos.

Sedãs:

Prisma advantage
Entre os três volumes, a novidade fica na liderança: em primeiro lugar, o Chevrolet Prisma passou o Siena e vendeu 8.342 unidades. O três volumes da Fiat fechou o décimo mês do ano com 8.221. Em terceiro, o Volkswagen Voyage  vendeu 6.530 unidades. Na quarta colocação, o Toyota Corolla fechou outubro com 6.326 unidades emplacadas, o necessário para conquistar a 13ª colocação no geral. Fechando o Top 5 dos sedãs, o Hyundai HB20S emplacou 5.673 novos exemplares, o suficiente para garantir a 15ª posição no ranking geral.

Comerciais leves
Pick-ups:

hilux_2012_24 
Entre as pick-ups, a Strada reina sem ser incomodada. Com 13.381 novas unidades em setembro, o modelo da Fiat mantém a primeira posição entre os comerciais leves. Menos vendida que a líder, a Saveiro manteve o segundo lugar entre as pick-ups.  O utilitário da Volkswagen chegou aos 8.439 emplacamentos, e mantém margem segura contra a S10 (terceira). A pick-up da Chevrolet fechou o mês com 4.424 novas unidades nas ruas. Na quarta colocação quem aparece é a Chevrolet Montana, com 4.306 vendas. Fechando o Top 5 de setembro entre as pick-ups, a Toyota Hilux aparece na quinta colocação com 3.898 unidades emplacadas, um pouco mais distante das quatro primeiras.

SUVs:

autowp.ru_renault_duster_15 
Neste segmento, continua tudo do mesmo jeito. O Renault Duster ultrapassou o EcoSport (segundo) e surpreendeu entre os Smart Utility Vehicle (SUV). Com 4.773 emplacamentos, o jipinho da Renault foi o líder entre os SUV. Ele manteve distância segura para o EcoSport que, na segunda colocação na categoria, emplacou 4.523 unidades no mês. Em terceiro lugar, o Hyundai Tucson garantiu a medalha de bronze com 1.633 novas unidades nas ruas. Pouco atrás, o Hyundai IX35 sonha com o terceiro lugar: 1.426 emplacamentos, um pouco a frente do Mitsubishi Pajero, que fechou o Top 5 dos SUV, com 1.247 vendas em outubro.

Marcas:

Mais uma vez a liderança continuou com a Fiat. Com 59.899 emplacamentos e 20,55% de participação, a ítalo-mineira continua com boa vantagem. Com medalha de prata, a Chevrolet voltou a vice-liderança no último mês. A marca norte-americana alcançou a marca de 51.421 veículos novos vendidos, e 17,65% do mercado no mês. Em terceiro lugar, a Volkswagen vendeu 49.128 novos carros, e abocanhou 16,86% da fatia do mercado. Em quarto lugar, a Ford segue mais distante com 27.848 unidades e 9,56% de participação, seguida pela Renault que, com 21.236 unidades e 7,29% da fatia do mercado. Fonte | Fenabrave

por 6 de novembro de 2014 Brasil, Emplacamanetos, Vendas

Vendas de automóveis não crescem há sete meses em relação ao ano passado

No entanto números em relação a agosto foram melhores
New Fiesta

Mais uma vez o levantamento mensal da Federação Nacional de Distribuidores de Veículos Automotores (Fenabrave) mostrou que o mercado está em retração em relação a 2013.  Apesar da melhora nas vendas em relação ao mês de agosto deste ano, quando comparado ao mês de setembro do ano passado, as quedas nos emplacamentos de veículos continuam. Neste ano houve incremento apenas nos meses de janeiro e fevereiro, quando comparados aos mesmos períodos do ano anterior. De acordo a Fenabrave, foram emplacadas 282.519 veículos de passeio e comerciais leves em setembro, contra 259.141 em agosto; incremento de 9,02%. Se comparado com setembro do ano passado (293.916 unidades), o resultado aponta para queda de 3,88%. No acumulado do ano, estes segmentos caíram 8,88%. Foram comercializados 2.404.032 veículos nos primeiros nove meses de 2014, contra 2.638.302 no mesmo período de 2013. Questionada, a Fenabrave apenas repetiu o que disse ao Novidades Automotivas no início de setembro, ainda em relação às vendas de agosto. A entidade reafirma que a queda nas vendas vai contra as suas expectativas. Para o presidente do Conselho Deliberativo e Diretor da entidade, Flavio Meneghetti, a revisão do PIB, para 0,5%, o cenário político ainda indefinido, a alta volatilidade da economia, com diversos indicadores negativos, e o alto comprometimento da renda familiar contribuíram para que o consumidor pensasse mais antes de fechar negócio. “O consumidor está gastando menos”, citou.

Hatches:

palio_fire_037
Pelo quarto mês consecutivo, o Palio é o líder. O modelo ítalo-mineiro foi o mais vendido de setembro, com 15.907 unidades novas. Em segundo lugar, o Chevrolet Onix surpreende com 13.483 emplacamentos. Aparecendo somente em terceiro, o Gol vendeu 12.583 unidades. Em quarto foram 9.904 novos Hyundai HB20.  Fechando o Top 5, o Fiat Uno aparece com 8.749 emplacamentos e é apenas o sexto mais vendido no ranking geral.

Sedãs:

Entre os três volumes, o destaque continua com o Siena: quinto colocado no geral, com 9.518 emplacamentos em setembro, o Fiat manteve a liderança no segmento. Em segundo lugar, o Chevrolet Prisma retoma a vice-liderança dos três volumes, com 8.353 emplacamentos. O Toyota Corolla fechou o nono mês do ano com 6.050 unidades emplacadas, o necessário para conquistar a 13ª colocação no geral. Na quarta colocação, o Volkswagen Voyage garante o 15º lugar no ranking geral com 5.565 emplacamentos. Fechando o Top 5 dos sedãs, o Chevrolet Classic emplacou 5.143 novos exemplares, o suficiente para garantir a 16ª posição no ranking geral.

Comerciais leves
Pick-ups:

Malagrine
Entre as pick-ups, a Strada reina sem ser incomodada. Com 14.225 novas unidades em setembro, o modelo da Fiat mantém a primeira posição entre os comerciais leves. Menos vendida que a líder, a Saveiro abocanhou o segundo lugar entre as pick-ups.  O utilitário da Volkswagen chegou aos 7.780 emplacamentos, e mantém margem segura contra a S10 (terceira). A pick-up da Chevrolet fechou o mês com 4.760 novas unidades nas ruas. Na quarta colocação quem aparece é a Toyota Hilux, com 3.781 vendas. Fechando o Top 5 de setembro entre as pick-ups, a Chevrolet Montana aparece na quinta colocação com 3.307 unidades emplacadas, um pouco mais distante das quatro primeiras.

SUVs:

autowp.ru_mitsubishi_pajero_dakar_7
Neste segmento, continua tudo do mesmo jeito. O EcoSport mantém o fôlego nas vendas no nono mês deste ano. Com 4.563 emplacamentos, o jipinho da oval azul é o líder entre os Smart Utility Vehicle (SUV). Ele manteve distância segura para o Duster que, na segunda colocação na categoria, emplacou 4.040 unidades no mês. Em terceiro lugar, o Hyundai Tucson garantiu a medalha de bronze com 1.653 novas unidades nas ruas. Pouco atrás, o Hyundai IX35 sonha com o terceiro lugar: 1.393 emplacamentos, um pouco a frente do Mitsubishi Pajero, que fechou o Top 5 dos SUV, com 1.272 vendas em setembro.

Marcas:

Mais uma vez a liderança continuou com a Fiat. Com 59.223 emplacamentos e 20,96% de participação, a ítalo-mineira continua com boa vantagem. Com medalha de prata, a Chevrolet voltou a vice-liderança no último mês. A marca norte-americana alcançou a marca de 49.779 veículos novos vendidos, e 17,62% do mercado no mês. Em terceiro lugar, a Volkswagen vendeu 46.595 novos carros, e abocanhou 16,49% da fatia do mercado. Em quarto lugar, a Ford segue mais distante com 25.096 unidades e 8,88% de participação, seguida pela Renault que, com 20.892 unidades e 7,39% da fatia do mercado. Fonte | Fenabrave

por 3 de outubro de 2014 Brasil, Emplacamanetos, Mercado, Vendas